Confrontos entre forças rebeldes aliadas matam 5 combatentes no Iêmen

Sana, 29 nov (EFE).- Pelo menos cinco combatentes morreram nesta quarta-feira em violentos enfrentamentos na capital iemenita, Sana, entre os rebeldes houthis e forças leais ao ex-presidente Ali Abdullah Saleh, que são aliados no conflito contra o governo, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

A fonte explicou que os confrontos explodiram ao redor da mesquita de Al Salh, situada perto da praça de Al Sabain, onde os houthis estão preparando um grande festival para a comemoração do nascimento do profeta Maomé, que os muçulmanos celebram amanhã.

Os confrontos se estenderam a outros bairros da cidade e chegaram à casa do ex-mandatário em um bairro nobre do centro de Sana, acrescentou a fonte.

Três combatentes houthis e dois leais a Saleh morreram e, ao cair a noite, ainda se registravam enfrentamentos esporádicos, segundo testemunhas, que disseram à Efe que escutaram explosões e disparos intensos esta tarde no centro da capital.

Os houthis e os homens leais a Saleh costumam lutar no mesmo lado contra as tropas do governo do presidente, Abdo Rabu Mansour Hadi, o único reconhecido internacionalmente.

Os rebeldes controlam a capital iemenita desde setembro de 2014, após o que o Executivo de Hadi se transferiu à cidade meridional de Áden e o presidente se encontra exilado na Arábia Saudita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos