Obama adverte que é preciso conhecer os limites das redes sociais

Nova Délhi, 1 dez (EFE).- O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez nesta sexta-feira várias alusões ao seu sucessor, Donald Trump, em Nova Délhi, onde ressaltou a necessidade de ter cuidado com as redes sociais e conhecer seus limites.

"Devemos ser cuidadosos com o poder dessas ferramentas e também sobre os seus limites", alertou Obama no Encontro de Líderes promovido pelo jornal indiano "Hindustan Times" em Nova Délhi, ao destacar o grande efeito que as informações nestes tipos de plataformas têm atualmente sobre a percepção das pessoas.

O ex-presidente americano destacou também os avanços realizados nos últimos anos e disse que o mundo está agora melhor que antes, ao ressaltar conquistas como o acordo sobre a mudança climática assinado durante seu mandato e rejeitado por Trump.

"É um acordo que, embora tenhamos um pouco de paralisação de liderança na América, dá a nossos filhos uma oportunidade de lutar", disse Obama, entre os risos do público.

Em junho, Trump anunciou a retirada do seu país do Acordo Climático de Paris, com o argumento de que esse pacto põe a economia e os trabalhadores americanos em "permanente desvantagem".

Obama, que como presidente esteve duas vezes na Índia, está no país asiático para participar de vários atos relacionados com sua atual atividade à frente da fundação que leva seu nome.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos