Papa pede que Igreja de Bangladesh continue se ocupando dos deslocados

Daca, 1 dez (EFE).- O papa Francisco parabenizou nesta sexta-feira à Igreja Católica de Bangladesh por cuidar mais pobres e incentivou mais ações pelos deslocados no encontro que teve com os bispos do país no seu segundo dia de viagem.

O papa foi à Arquidiocese de Daca, que possui uma Catedral, a casa para os sacerdotes idosos e o Seminário, para se reunir, como faz habitualmente em todas as viagens, com os bispos do país, que em Bangladesh são apenas sete.

O papa disse que eles devem sentir orgulho, principalmente pelo serviço feitos nas áreas mais remotas e nas comunidades tribais, através do apostolado educacional, de hospitais e várias obras sociais. O pontífice fez questão de destacar que as demandas estão aumentando, sobretudo levando em consideração a "atual crise dos refugiados".

Francisco solicitou que eles "perseverarem no ministério de presença, o único que pode estreitar laços de comunhão" entre todos os componentes da vida católica no país. E fez mais um pedido:

"Ao mesmo tempo, peço para mostrarem uma proximidade ainda maior ao fiéis leigos. É preciso promover a sua real participação na vida da Igreja, nomeadamente através das estruturas canônicas que asseguram que as suas vozes sejam ouvidas e as suas experiências apreciadas", defendeu.

O papa também falou sobre o aspecto multi-religioso e ecumênico nesse país de grande diversidade étnica e de tradições religiosas. A este respeito, ele apelou para a construção de laços.

"Trabalhem incessantemente para construir pontes e promover o diálogo, porque estes esforços não só facilitam a comunicação entre diferentes grupos religiosos, mas despertam também as energias espirituais necessárias para a obra de construção da nação na união, na justiça e na paz", afirmou.

Após o encontro, Francisco visitou alguns dos sacerdotes doentes que moram no arquidiocese.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos