Xi pede que Suu Kyi fomente relação entre China e Mianmar

Pequim, 1 dez (EFE).- O presidente da China, Xi Jiping, pediu nesta sexta-feira à chefe de fato do Governo de Mianmar, Aung San Suu Kyi, o fomento da colaboração entre suas respectivas nações durante uma reunião privada entre ambos os líderes realizada nesta sexta-feira em Pequim.

Segundo a agência estatal de notícias "Xinhua", Xi sugeriu a Suu Kyi que as duas partes mantenham suas relações "no caminho correto" para "alimentar novos pontos de crescimento".

O líder chinês expressou seu desejo de que os partidos governantes de ambos países façam novas contribuições para a cooperação integral entre ambos vizinhos.

"O Partido Comunista da China (PCCh) e o Governo chinês, como sempre, irão aderir a uma política de amizade com Mianmar e considerarão as relações bilaterais com uma visão estratégica e perspectiva a longo prazo", acrescentou Xi.

Além disso, Xi ressaltou "a amizade entre ambos povos" e o apoio mútuo entre a China e Mianmar, assim como sua estreita coordenação em "assuntos de grande importância" para cada um, sem mencionar nenhum em particular.

Xi compartilhou com Suu Kyi as principais conclusões do XIX Congresso do PCCh e defendeu "a construção de uma comunidade de futuro partilhado".

Além disso, ambos líderes comentaram o projeto do corredor econômico China-Mianmar, com o qual Suu Kyi pareceu concordar.

Suy Kyi afirmou que as relações com a China são "de particular importância" para seu país e lembrou "a longa história de amizade" entre os dois países, "baseada na confiança e no respeito mútuo".

Aung San Suu Kyi, que está em Pequim para comparecer a um encontro com responsáveis de vários partidos internacionais, apreciou "as conquistas e a rica experiência do PCCh na governabilidade estatal" e acredita no aprofundamento das trocas entre o seu partido, a Liga Nacional para a Democracia (NLD, em inglês), e a formação chinesa.

Apesar da grave crise vivida em Mianmar com a expulsão de milhões de membros da minoria muçulmana rohingya do país do sudeste asiático, nenhum dos dirigentes mencionou o assunto durante a reunião.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos