China e França assinam 71 acordos de cooperação econômica e financeira

Pequim, 2 dez (EFE).- China e França assinaram 71 acordos de cooperação e benefício mútuo em setores como investimento, indústria automobilística e aeroespacial, energia nuclear, manufaturas e finanças com fins sustentáveis.

Os acordos foram resultado de uma reunião realizada nesta sexta-feira em Pequim entre o ministro de Finanças francês, Bruno Le Marie, e o vice-primeiro-ministro chinês, Ma Kai, que acertaram alinhar também a estratégia de ambos os países para melhorar sua indústria manufatureira.

Assim, França e China cooperarão para desenvolver, por um lado, o "Made in a China 2025", um plano decenal que o Governo chinês apresentou em 2015 e cujo objetivo é reorientar a indústria manufatureira para setores altamente tecnológicos, e, por outro, a iniciativa francesa "Indústria do futuro", que tem o mesmo propósito.

Em comunicado conjunto posterior à reunião, ambos os países falaram sobre a importância da reciprocidade e o benefício mútuo nas suas relações comerciais, assinalando que este encontro "representa um novo impulso para uma próxima e duradoura cooperação estratégica sino-francesa nos setores econômicos e financeiros".

Esta reunião entre China e França, chamada de "Diálogo econômico e financeiro de alto nível", acontece todo ano desde 2013 para fomentar a cooperação entre as duas nações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos