Coalizão árabe apoia partido de ex-presidente do Iêmen contra houthis

Riad, 2 dez (EFE).- A coalizão árabe que atua no conflito do Iêmen, liderada pela Arábia Saudita, expressou neste sábado, em comunicado, apoio ao partido do ex-presidente do país Ali Abdullah Saleh, o Congresso Popular, contra os rebeldes houthis, após vários confrontos entre os dois grupos, antes aliados.

A coalizão elogiou o "levante" do partido de Saleh contra os rebeldes houthis e seu "retorno" à posição defendida pela Arábia Saudita. Na nota, divulgada pela agência oficial saudita "SPA", a aliança militar afirmou que essas ações "tirarão o Iêmen das mãos das milícias terroristas sectárias iranianas e o devolverão ao seu entorno árabe natural.

Além disso, a coalizão destacou que o atual momento da história do Iêmen requer que as pessoas "honoráveis" do país se envolvem nesse "bendito levante" para expulsar "as milícias do Irã".

Saleh rompeu hoje as relações com os houthis e pediu à coalizão árabe para acabar com as hostilidades contra o país, um passo prévio para o início de um diálogo que leve ao fim do conflito.

Durante a madrugada, tropas ligadas ao ex-presidente e os rebeldes entraram em confronto na capital, Sana, quando os houthis tentaram invadir as casas de vários comandantes da Guarda Republicana, leal a Saleh, e de líderes do Congresso Popular.

Os enfrentamentos deixaram pelo menos 40 mortos e dezenas de feridos, sendo o mais sangrento entre os dois grupos, até então aliados, apesar de várias trocas de acusações nos últimos meses.

Os houthis, de orientação xiita e apoiados pelo Irã, são aliados das forças de Saleh na guerra contra o presidente do Iêmen reconhecido pela comunidade internacional, Abdo Rabbo Mansour Hadi, que conta com o apoio da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita desde março de 2015.

Os rebeldes controlam Sana e amplas partes do norte e do noroeste do país desde o início do conflito, obrigando o governo de Hadi a se mudar para a cidade de Áden, no sul do Iêmen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos