Idoso morre em metrô da Cidade do México e não é notado por outros usuários

Cidade do México, 2 dez (EFE).- Um homem de idade avançada morreu enquanto viajava no metrô da Cidade do México e permaneceu dentro do vagão até o fechamento do serviço, pois os outros usuários não notaram o ocorrido e pensaram que ele estava dormindo, informaram neste sábado veículos de imprensa locais.

O idoso estava sentado no assento reservado a portadores de necessidades especiais em um dos vagões e parecia estar dormido, com a cabeça apoiada em uma das laterais do comboio, de acordo com imagens publicadas pelos veículos de imprensa.

O fato inusitado ocorreu na noite de quinta-feira, quando agentes de segurança do transporte público estavam fechando a estação de Pantitlán, na Linha 1 do metrô, por volta das 23h45 locais (3h45 da sexta-feira em Brasília).

Os seguranças tentaram acordar o homem para que saísse do vagão, mas este não respondia e, pouco depois, os agentes se deram conta de que ele não apresentava sinais vitais, por isso solicitaram a presença dos serviços de emergência.

Os paramédicos, no entanto, não puderam fazer nada para salvar o homem, que tinha aparentemente mais de 70 anos de idade e teria morrido de infarto fulminante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos