Papa chega a Roma após viagem por Mianmar e Bangladesh

Roma, 2 dez (EFE).- O papa Francisco chegou neste sábado ao aeroporto de Fiumicino, em Roma, após a excursão asiática que o levou a Mianmar e Bangladesh e que esteve marcada pela crise de refugiados da minoria muçulmana rohingya.

O avião da companhia aérea bengalesa Biman em que estava o pontífice aterrissou no aeroporto romano por volta das 21h45 locais (18h45 em Brasília), com mais de uma hora de antecedência em relação ao horário previsto inicialmente.

A visita de Francisco a Bangladesh, que começou na quinta-feira, esteve dominada pela crise de refugiados rohingyas, depois que mais de 620 mil membros desta comunidade fugiram para o território bengalês desde a explosão de violência em 25 de agosto em Mianmar.

Antes de Bangladesh, o pontífice passou por Mianmar, onde fez um pedido de reconciliação e em defesa das minorias e dos direitos humanos, mas sem mencionar explicitamente a perseguição da minoria rohingya, o que acabou fazendo posteriormente no país vizinho.

Durante o voo, como costuma ser habitual, o papa falou com os jornalistas dos veículos de imprensa, entre eles a Agência Efe, que o acompanharam nesta viagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos