Papa Francisco conclui viagem a Bangladesh e volta para Roma

Daca, 2 dez (EFE).- O papa Francisco retornou neste sábado a Roma após concluir a viagem que começou na segunda-feira em Mianmar e terminou hoje em Bangladesh, uma visita que foi marcada pela crise dos refugiados da minoria muçulmana dos rohingyas.

O avião da companhia aérea bengalesa Biman que leva o pontífice decolou às 17h10 locais (9h10 em Brasília) do Aeroporto Internacional de Daca, capital de Bangladesh. Francisco deve chegar a Roma às 23h locais (20h em Brasília).

A visita de Francisco a Bangladesh, que começou na quinta-feira, foi dominada pela crise dos refugiados rohingyas. Cerca de 620 mil membros desta minoria fugiram de Mianmar para o país vizinho desde agosto, após uma explosão de violência contra a comunidade.

Na quinta-feira, na presença do presidente de Bangladesh, Abdul Haid, o papa pediu ajuda á comunidade internacional para que o país lide com a crise de refugiados rohingyas. No entanto, em Mianmar, o pontífice evitou citar pelo nome a minoria muçulmana, um ato que foi criticado por organizações de direitos humanos.

Francisco só foi falar o termo "rohingya" já em Bangladesh. Por recomendação da Igreja Católica de Mianmar, o pontífice não usou o termo no país porque poderia suscitar reações violentas de alguns extremistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos