Nacionalistas da Córsega vencem pleito regional, segundo apuração provisória

Bastia (França), 3 dez (EFE).- A coalizão nacionalista da Córsega, formada pelos partidos Femu a Corsica (Façamos a Córsega) e Corsica Libera (Córsega Livre) venceu neste domingo o primeiro turno das eleições regionais, com quase 50% das urnas apuradas.

A dupla liderada pelo atual presidente do governo regional, Gilles Simeoni, e pelo da Assembleia, Jean Guy Talamoni, tenta a reeleição depois que assumiram pela primeira vez em dezembro de 2015, quando obtiveram 35,34% dos votos. De acordo com a apuração provisória hoje, a coalizão soma 46,7% dos votos.

Atrás da coalizão nacionalista estão as duas listas da direita, A Strada Dei L'avvene (14,6%) e Voir Plus Grand (11,7%), seguidas pela Andà Per Dumane (11,7%), que conta com o apoio do presidente francês, Emmanuel Macron.

As 538 seções eleitorais da ilha de pouco mais de 324 mil habitantes e cuja economia representa 0,4% do PIB francês abriram suas portas hoje às 8h locais (5h em Brasília) e as fecharam às 18h (15h em Brasília).

Os eleitores tinham que escolher entre sete listas, nas quais estão ausentes os socialistas e os ecologistas, enquanto a abstenção prevista chegou a 46,9%.

A partir de 1º de janeiro, terá início a nova coletividade única da Córsega, uma estrutura institucional que fundirá os atuais dois departamentos da ilha em apenas um e na qual o Conselho Executivo passará de 9 para 11 integrantes e a assembleia regional de 51 para 63.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos