Rebeldes houthis invadem imóveis usados por tropas leais a Saleh no Iêmen

Sana, 3 dez (EFE).- Rebeldes houthis do Iêmen tomaram o controle neste domingo de vários imóveis em Sana, capital do país, antes utilizados por tropas leais ao ex-presidente Ali Abdullah Saleh, que ontem rompeu uma aliança com a milícia.

Segundo a agência de notícias "Saba", controlada pelos houthis, os rebeldes dominaram vários "acampamentos e edifícios onde as milícias subversivas estavam em Sana".

Um dos prédios invadidos foi o da embaixada da Arábia Saudita.

Saleh al Samad, presidente do Conselho Supremo Político, principal órgão executivo dos houthis em Sana, disse em comunicado que a "traição" já foi erradicada. Ele se referia à decisão de Saleh de deixar a aliança com os rebeldes e se oferecer para dialogar com a Arábia Saudita, que comanda a coalizão que combate os houthis.

Al Samad também convidou os seguidores de Saleh enganados pela mudança de postura do ex-presidente a deixar as armas.

Além disso, os houthis invadiram a sede do canal de televisão "Al Iemen al Yaum", que pertence a Saleh, segundo disse no Twitter o presidente da empresa, Nabil al Sufi. Os rebeldes também fecharam uma emissora de rádio de propriedade do ex-presidente.

Outro prédio controlado pelos houthis foi o do comitê central do Partido Congresso Popular, liderado por Saleh.

Saleh rompeu suas relações com os houthis ontem depois de combates entre os dois grupos em Sana que deixaram 40 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos