Com 960.000 afetados, inundações deixam pelo menos 15 mortos na Tailândia

Bangcoc, 5 dez (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e outras 960.000 foram afetadas pelas inundações que castigam dez províncias do sul da Tailândia desde a semana passada, informou nesta terça-feira o Departamento de Prevenção e Mitigação de Desastres.

As 15 vítimas morreram em enchentes e outros acidentes causados pelas enchentes, afirmou um comunicado oficial assinado pelo diretor do departamento, Chaiyapon Thitisak.

As províncias afetadas são Krabi, Nakhon Si Thammarat, Narathiwat, Phattalung, Pattani, Satun, Songkhla, Surata Thani, Trang e Yala.

Uma das áreas onde a situação é mais grave se situa junto ao lago Songkhla, na província homônima, nos distritos de Krasae Sin, Ranot, Sathing Phra e Singha Nakhon.

Outra área crítica se encontra no distrito de Muang, na província Trang, onde o rio Trang tem registrado enchentes.

Equipes de bombeiros, policiais, soldados, agentes sanitários e voluntários trabalham em operações de busca e resgate, para habilitar centros de amparada, distribuir alimentos e roupa e para proporcionar serviços sanitários, de água potável e eletricidade.

Os meteorologistas preveem que as precipitações diminuam amanhã, quando devem reabrir parte dos colégios que suspenderam as aulas na semana passada.

As inundações são frequentes na Tailândia, onde se registram abundantes precipitações por conta das monções que afetam a parte meridional do país entre setembro e dezembro e a parte central e setentrional entre junho e outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos