Ataque deixa 5 mortos em campo de refugiados no Curdistão iraquiano

Beirute, 6 dez (EFE).- Um ataque realizado nesta quarta-feira contra um campo de refugiados nos arredores de Erbil, capital do Curdistão iraquiano, deixou cinco mortos, todos integrandes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), além de outras 12 pessoas feridas.

De acordo com uma fonte militar local, acredita-se que foi uma ação suicida. A explosão foi originada de um carro, que estava na instalação, localizada na comarca de Majmur, que está ao sudoeste de Erbil.

Os feridos foram encaminhados a diversos hospitais da capital do Curdistão.

De acordo com Rashad Kalari, líder das forças curdas peshmergas, no acampamento vivem mais de 4 mil pessoas, familiares dos integrantes do PKK. O grupo é considerado "terrorista" para o governo da Turquia.

Majmur, onde aconteceu o ataque, é uma das regiões disputados pelos governos do Iraque e do Curdistão, e está localizada a 80 quilômetros de Mossul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos