Bombardeio russo deixa 14 civis mortos e 10 feridos na Síria

Beirute, 6 dez (EFE).- Pelo menos 14 civis morreram, entre eles seis menores, e outros dez ficaram feridos nesta quarta-feira em um bombardeio de aviões russos contra uma cidade da província síria de Deir ez-Zor, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A fonte destacou que as aeronaves atacaram na madrugada passada a cidade de Al Yardi Ocidental, na margem leste do rio Eufrates em sua passagem por Deir ez-Zor.

Com estas vítimas sobe para 258 o número de civis mortos em Deir ez-Zor pelos bombardeios da aviação da Síria e da Rússia, assim como da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, desde o último dia 8 de novembro, de acordo com a apuração do Observatório.

Nessa data começou a operação para expulsar o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) da última cidade que controlava totalmente na região, Albukamal, na fronteira com o Iraque, que terminou com a fuga dos radicais.

O Observatório anunciou hoje que as tropas leais ao governo de Damasco tinham acabado com a presença do EI em áreas ao oeste do Eufrates em Deir ez-Zor.

Desde setembro, o exército sírio e seus aliados, entre os quais figura a força aérea da Rússia, desenvolvem uma ofensiva contra o EI em partes do oeste da província que coincidiu com outra operação de milícias curdas e da coalizão no leste da região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos