Macron classifica decisão de Trump sobre Jerusalém como "lamentável"

Argel, 6 dez (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, classificou nesta quarta-feira como "lamentável" a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, e pediu calma e responsabilidade à região.

Macron, que está em visita oficial à Argélia, disse a jornalistas que a medida mais importante agora é evitar a violência a todo custo e favorecer o diálogo entre as partes envolvidas na decisão.

"O compromisso da França e da Europa é com a solução dos dois estados, Israel e Palestina, vivendo um ao lado do outro em paz e em segurança, com fronteiras internacionalmente reconhecidas e com Jerusalém como capital de ambos", afirmou o presidente francês.

"Por enquanto, peço calma, tranquilidade e responsabilidade a todos. A França está preparada, da mesma forma que seus aliados, para tomar todas as iniciativas úteis nesta direção", concluiu.

Macron chegou na manhã desta quarta-feira a Argel, capital da Argélia, a última etapa de uma viagem pela África.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos