ONU diz que situação de Jerusalém deve ser resolvida com negociações diretas

Nações Unidas, 6 dez (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou nesta quarta-feira que o status de Jerusalém deve ser resolvido com negociações diretas entre Israel e os palestinos e ressaltou a necessidade de avançar para a solução de dois Estados.

"Quero ser claro: não há alternativa à solução de dois Estados. Não há um plano B", afirmou o diplomata português após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter anunciado que a partir de agora o governo americano reconhecerá Jerusalém como a capital de Israel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos