Turquia condena reconhecimento dos EUA de Jerusalém como capital de Israel

Istambul, 6 dez (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavusoglu, condenou nesta quarta-feira o reconhecimento feito pelo governo dos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel e a mudança da embaixada americana em Tel Aviv para essa cidade.

"Recebemos com grande preocupação o anúncio irresponsável do governo americano que reconhece Jerusalém como capital de Israel e que transferirá sua embaixada em Israel para Jerusalém, e o condenamos", escreveu o ministro no Twitter.

"Esta decisão é uma clara violação do direito internacional e das decisões das Nações Unidas", concluiu o ministro na mensagem, que foi veiculada em turco e inglês.

O Parlamento turco emitiu uma declaração conjunta, assinada pelos quatro partidos presentes no plenário, que igualmente condena a mudança da embaixada dos EUA em Israel.

O comunicado lembra que o Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou em 1980 a anexação de Jerusalém Oriental por Israel e considera "todas as decisões do governo israelense a respeito como contrárias ao direito", ao mesmo tempo que decidiu não localizar nenhuma missão diplomática em Jerusalém.

O Parlamento turco considera "inaceitável" o anúncio de Washington da mudança da embaixada e expressa a "vontade firme e indiscutível de rejeitar as iniciativas temerárias para mudar o status histórico de Jerusalém, transgredindo as decisões das "Nações Unidas".

Em várias cidades da Turquia ocorreram protestos de grupos nacionalistas que também condenam a decisão anunciada por Donald Trump.

Na cidade de Adana, perto da base aérea americana de Incirlik, os manifestantes queimaram bandeiras dos EUA e imagens de Trump, enquanto levaram cartazes nos quais pediam "os Estados Unidos fora de Adana".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos