Turquia convoca cúpula de países muçulmanos para tratar questão de Jerusalém

Ancara, 6 dez (EFE).- O governo da Turquia anunciou nesta quarta-feira que na próxima semana realizará em Istambul uma cúpula de líderes da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) para tratar o possível reconhecimento por parte dos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel.

"Na semana que vem, na quarta-feira 13 de dezembro, o nosso presidente (Recep Tayyip Erdogan) será o anfitrião em Istambul de uma cúpula extraordinária de líderes da Organização para a Cooperação Islâmica", disse o porta-voz da presidência turca, Ibrahim Kalin.

O porta-voz acrescentou que hoje mesmo o rei da Jordânia, Abdullah II, chegará em visita a Ancara para se reunir com Erdogan e abordar a questão de Jerusalém.

"Desde esta manhã, (Erdogan) também falou por telefone com os chefes de governo ou de Estado de Malásia, Tunísia, Irã, Catar, Arábia Saudita, Paquistão e Indonésia, e segue falando com eles", disse o porta-voz em entrevista coletiva.

Erdogan já tinha antecipado ontem que convocaria uma cúpula da OCI, cuja presidência rotativa é ocupada pela Turquia, caso o presidente americano, Donald Trump, anuncie a transferência da embaixada americana em Israel para Jerusalém.

O presidente turco advertiu que a Turquia considera romper suas relações diplomáticas com Israel em resposta a este gesto, que implicaria no reconhecimento americano de Jerusalém como capital de Israel e romperia com décadas de convenções diplomáticas internacionais.

"Proclamar o Jerusalém como capital de Israel seria um imenso erro, tanto por seu status histórico como religioso e jurídico. Esta decisão rompe com as normas internacionais", destacou Kalin hoje.

"Jerusalém é a nossa honra, é a nossa causa comum e, como disse o nosso presidente ontem, é a nossa linha vermelha", acrescentou.

"Convidamos o governo americano a retroceder imediatamente deste imenso erro, que eliminaria o agora frágil processo de paz no Oriente Médio", reforçou Kalin.

A Liga Árabe também realizará no sábado uma reunião de emergência, a pedido da Palestina, para tratar a transferência da embaixada americana para Jerusalém.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos