Prefeita é presa ao usar licença de estacionamento para deficientes já mortos

Miami, 7 dez (EFE).- A prefeita de um cidade do centro da Flórida (Estados Unidos) foi detida por usar permissões de estacionamento para deficientes já mortos, informaram na quarta-feira os veículos de imprensa locais.

Darlene Bradley, prefeita de Davenport, que não é incapacitada fisicamente, está sendo acusada de roubo de identidade, falsificação de decalque e estacionamento ilegal em vaga para deficientes.

"Ela não só violou a lei, mas envergonhou todos os cidadãos de Davenport com sua conduta ilegal", afirmou Grady Judd, xerife do condado de Polk, lembrando que os funcionários públicos deveriam dar exemplo.

Em uma incursão na casa da prefeita, de 60 anos, as autoridades acharam duas matrículas de deficientes já falecidos.

O escritório do xerife recebeu no mês passado denúncias que Darlene Bradley estava estacionando em vagas para deficientes na Prefeitura de Davenport.

A prefeita, que foi libertada após pagar uma fiança de US$ 2,25 mil, foi gravada por câmaras de vídeo escondidas pelo escritório do xerife no estacionamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos