Suécia quer penalizar compra de serviços sexuais no exterior

Copenhague, 7 dez (EFE).- O Governo sueco enviou nesta quinta-feira ao Conselho Legislativo uma discutida proposta de lei para penalizar a compra de serviços sexuais no exterior, o que suporia uma ampliação da proibição vigente desde 1999 no país.

A Suécia se tornou o primeiro país do mundo a punir com a lei os clientes da prostituição, um modelo copiado anos mais tarde por países como Noruega, Irlanda e França e que agora o Executivo quer estender aos suecos que comprem ou tentem comprar sexo no exterior.

A legislação sueca castiga com multas ou com prisão de até seis meses os clientes da prostituição.

"Acabar com este tráfico de pessoas, com o comércio de escravos sexuais, foi uma das nossas principais prioridades. E era também uma promessa eleitoral", declarou hoje à emissora pública "Rádio da Suécia" o ministro de Justiça, Morgan Johansson.

Várias instâncias legais suecas mostraram nos últimos meses dúvidas sobre a viabilidade do projeto, apelando sobretudo ao fato de que na maioria dos países a compra de serviços sexuais não é proibida.

"Para que exista um consenso internacional, para mudar as coisas em nível internacional, às vezes é necessário que alguns países tomem a iniciativa", afirmou o titular de Justiça.

Johansson admitiu, no entanto, a dificuldade que suporia para a polícia sueca provar esse tipo de crime cometido no exterior, embora tenha dito que não é impossível e citou como exemplo dois casos ocorridos na Noruega.

A intenção do Governo sueco é que a nova lei entre em vigor em julho, embora para isso necessitará do apoio de pelo menos uma força política da oposição.

O Partido Democrata Cristiano se mostrou aberto a respaldar a proposta, garantindo a maioria necessária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos