Netanyahu afirma que vários países pensam em mudar embaixadas para Jerusalém

Jerusalém, 22 dez (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou nesta sexta-feira que seu governo mantém conversas com vários países que estão pensando em transferir suas embaixadas para Jerusalém.

Netanyahu disse em entrevista à emissora "CNN" que acredita que outros países vão atuar de modo similar aos Estados Unidos, cujo presidente, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como capital de Israel e anunciou que transferirá a essa cidade a embaixada americana.

O governante israelense felicitou novamente os EUA pelo reconhecimento oficial da capitalidade de Jerusalém, que ontem foi rejeitada pela maioria de países na Assembleia Geral das Nações Unidas.

"Estamos agora em conversas com vários países que consideram seriamente mudar suas embaixadas para Jerusalém", declarou Netanyahu na entrevista.

Na mesma linha, o Ministério de Relações Exteriores israelense anunciou hoje que o presidente do parlamento da Romênia, Liviu Dragnea, declarou que o governo "considera" transferir para Jerusalém a embaixada romena.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos