Polícia encontra 3 valas comuns com 20 corpos no norte do Iraque

Erbil (o Iraque), 22 dez (EFE).- A polícia da província iraquiana de Ninawa anunciou nesta sexta-feira que encontrou três valas comuns com 20 corpos na cidade de Ahliliya, ao oeste de Mossul, uma área controlada pelos jihadistas durante quase três anos.

O oficial da polícia Mazen al Ahmadi disse à Agência Efe que os corpos, que foram encontrados ontem, eram de pessoas assassinadas pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que controlou Mossul e grande parte de Ninawa até julho deste ano.

Al Ahmadi detalhou que as valas foram descobertas por trabalhadores da Direção de Instalações Elétricas que estavam realizando obras para erguer uma torre de eletricidade.

As autoridades iraquianas encontraram várias valas comuns nos territórios que estiveram sob o domínio do EI no Iraque.

No último dia 16 de novembro, o polícia encontrou outros 20 corpos na parte oriental da comarca de Al Shirqat, situada no norte da província de Saladino.

Um mês antes, as forças iraquianas acharam outra vala comum com pelo menos 50 corpos na comarca da Al Hauiya, vizinha à de Al Shirqat.

Por outro lado, o Exército iraquiano informou em comunicado a morte de oito combatentes do EI que se escondiam em um túnel escavado dentro de um edifício no município de Hait, na província de Al Anbar, no oeste do Iraque.

Segundo a nota, os jihadistas morreram em um confronto com as forças de segurança, que tinham recebido informações sobre a existência de tal cativeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos