Partido do Kremlin anuncia apoia a Putin como candidato presidencial

Moscou, 23 dez (EFE).- O partido governista Rússia Unida anunciou oficialmente neste sábado apoio à candidatura do presidente Vladimir Putin para as eleições presidenciais marcadas para 18 de março de 2018.

"Este ano, o partido (Rússia Unida) completou 16 anos e em todo este tempo teve só um líder indiscutível, um líder que reúne o povo (...) e unifica a Rússia. Alguém que conta com a confiança e com o apoio da maioria absoluta dos cidadãos: Vladimir Vladimirovitch Putin", disse o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, no congresso da formação oficialista.

O líder russo anunciou que vai tentar se reeleger como candidato independente durante a sua conferência de imprensa anual no último dia 14, e Medvedev disse que o seu partido apoia a decisão de Putin.

O primeiro-ministro, prometeu que a Rússia Unida, com mais de 2,2 milhões de membros em todo o país, destinará todos os recursos que tem "para que o dia 18 de março do ano que vem seja o dia da vitória incondicional" de Vladimir Putin.

Putin também tomou a palavra no congresso para agradecer à Rússia Unida o trabalho feito e advertir que ainda restam muitas tarefas "importantes" e "urgentes".

"O que foi alcançado é o fundamento, mas não a garantia de um desenvolvimento futuro bem-sucedido", disse o chefe do Kremlin.

Segundo analistas políticos, Putin, de 65 anos, será reeleito com um resultado histórico de mais de dois terços dos votos, o que fará com que permaneça no Kremlin até 2024.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos