Topo

Presidente do Iêmen substitui 5 ministros por decreto

24/12/2017 16h49

Sana, 24 dez (EFE).- O presidente do Iêmen, Abdo Rabu Mansour Hadi, trocou neste domingo cinco ministros do governo, entre eles o de Interior, mediante um decreto presidencial, segundo informou a agência de notícias estatal, "Saba".

O novo ministro de Interior é Ahmad al Maisiry, que substitui Hussein Arab, agora conselheiro presidencial para a Segurança Nacional, de acordo com a agência.

O decreto emitido em Riad, onde Hadi está exilado, também designa Aus al Aud como ministro de Petróleo, Ozman Mayali para Agricultura, Saleh al Yabuani para Transporte, e Mohamed al Himiari para Assuntos Parlamentares. A agência não ofereceu mais detalhes sobre os novos encarregados nem os motivos por trás destas mudanças em cinco pastas.

O governo iemenita está sediado provisoriamente na cidade costeira de Áden, no sul, para onde foi transferido após a expulsão do presidente e do gabinete da capital, Sana, por parte dos rebeldes houthis, em 2014.

Hadi também nomeou neste domingo novos governadores para as províncias de Taiz, Lahech e Al Dalea, no sudoeste do país e controladas pelas forças governamentais.

O Iêmen é palco de um conflito armado entre as forças de Hadi, apoiadas pela coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, e os rebeldes, que controlam amplas partes do país.

Desde a intervenção da coalizão árabe em março de 2015, em apoio ao lado governamental, a violência tem se agravado e a situação humanitária no país é desesperadora, também devido ao bloqueio imposto pela aliança sobre os portos marítimos, terrestres e aéreos. EFE

ja/vnm