Egito executa 15 acusados de terrorismo

Cairo, 26 dez (EFE).- As autoridades egípcias executaram nesta madrugada 15 pessoas acusadas de envolvimento em ações terroristas que terminaram com as mortes de soldados, oficiais das forças de segurança e juízes na Península do Sinai, indicou à Agência Efe uma fonte de segurança.

De acordo com a fonte, 11 "terroristas" foram executados na Prisão de Burj Al-Arab, na província de Alexandria, e quatro foram executados na Prisão de Wadi el-Natrun, na província de Al-Buhaira, no norte do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos