Em audiência geral, papa lamenta "desnaturalização" do Natal

Cidade do Vaticano, 27 dez (EFE).- O papa Francisco alertou sobre a "desnaturalização" do Natal na sociedade "em nome do falso respeito por quem não é cristão", durante a tradicional audiência geral das quartas.

"Atualmente, estamos assistindo a uma espécie de 'desnaturalização' do Natal. Em nome do falso respeito por quem não é cristão, elimina-se da festa toda referência ao nascimento de Jesus", disse ele.

O pontífice defendeu que Cristo é quem dá sentido ao que fazemos.

"Sem Jesus não há Natal. E se Ele está no centro, então tudo ao seu redor, as luzes, os sons, as várias tradições locais e também as comidas típicas, tudo contribui para criar a atmosfera da festa", destacou.

O papa advertiu que "a verdadeira luz" é a que representa Cristo e assegurou que "ainda hoje assistimos ao fato de que com frequência a humanidade prefere a escuridão, porque sabe que a luz revelaria todas aquelas ações e aqueles pensamentos que nos envergonhariam".

Na audiência, celebrada na sala Paulo VI, no Vaticano, Francisco pediu que os fiéis abram a mente e o coração para os demais, principalmente "aqueles que jamais experimentaram atenção e ternura".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos