Polícia mata 2 pessoas ao confundir a vítima com seus assaltantes

Em Manila

A Polícia das Filipinas matou duas pessoas e feriu outras duas ao confundir o veículo no qual transportavam ao hospital a vítima de um ataque com o de seus assaltantes, num caso que gerou um grande impacto no país.

O incidente ocorreu na noite de quinta-feira (28), quando os agentes dispararam dezenas de vezes de forma indiscriminada contra uma caminhonete branca numa rua do município de Mandaluyong (nordeste de Manila), segundo mostram as imagens divulgadas hoje pela emissora local GMA.

A polícia abriu fogo ao crer que se tratava do veículo no qual os assaltantes fugiam, que tinham ferido à bala uma mulher, segundo explicou esta madrugada o superintendente Moises  Villaceran, chefe da Polícia de Mandaluyong.

No entanto, os ocupantes do carro branco não eram os assaltantes da mulher, chamada Jonalyn  Ambaon, senão particulares que estavam levando a vítima para o hospital para tentar salvar sua vida.

Os tiros mataram a própria Ambaon e outro homem que estava no veículo, que morreu no hospital, enquanto outros dois ocupantes ficaram feridos, um deles em estado grave.

Villaceran disse que foi um dos guardas do barangay (bairro) que deu a informação incorreta aos policiais ao assegurar que os assaltantes da mulher estavam fugindo no carro branco.

As autoridades abriram uma investigação para esclarecer os fatos e os agentes envolvidos foram detidos e estão sob custódia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos