Guterres lança "sinal de alerta" perante surgimento de "novos perigos"

Nações Unidas, 31 dez (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, lançou neste domingo "um sinal de alerta" à comunidade internacional perante a intensificação dos conflitos e o surgimento "de novos perigos".

Guterres fez a advertência em um vídeo divulgado pela ONU por ocasião do aniversário neste dia de 1º de janeiro do primeiro ano de seu mandato à frente das Nações Unidas, posto no qual substituiu o sul-coreano Ban Ki-moon.

Em sua mensagem, o ex-primeiro-ministro português descreveu uma série de desafios enfrentados pela comunidade internacional, e citou entre eles a "ansiedade" em torno das armas nucleares que, segundo disse, "está no nível mais alto desde a Guerra Fria".

Também lamentou que a mudança climática esteja avançando mais rápido que as respostas mundiais, o aumento das desigualdades e as "horríveis violações dos direitos humanos".

"O nacionalismo e a xenofobia estão ganhando força", acrescentou o titular da ONU.

"Se somamos tudo, nos deparamos com o paradoxo do nosso tempo: os desafios são cada vez mais globais e, no entanto, os povos estão se focando cada vez mais em si mesmos", acrescentou.

O desejo de ano novo de Guterres é que os líderes mundiais reduzam suas diferenças, superem as divisões e restabeleçam a confiança, "unindo as pessoas em torno de objetivas comuns".

"Podemos resolver os conflitos, superar o ódio e defender os valores compartilhados. Mas somente podemos conseguir isso se fazemos juntos", concluiu Guterres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos