Assad remodela governo sírio e nomeia três novos ministros

Cairo, 1 jan (EFE).- O presidente da Síria, Bashar al Assad, determinou nesta segunda-feira a mudança de três ministros do seu governo, entre eles o titular da pasta de Defesa, segundo informou a agência de notícias oficial "Sana", sem detalhar os motivos destas novas designações.

Assad emitiu um decreto para remodelar parcialmente o Executivo, liderado por Emad Khamis, e nomeou o general Al Emad Ali Abdalah Ayub como novo titular de Defesa, em substituição de Al Emad Fahd Jassim al Farich, afirmou a agência.

Além disso, designou como ministro da Indústria Mohamed Mazen Ali Yusuf, que substitui Ahmed al Hamu; bem como Abdalah Sarah como novo titular de Informação, em substituição de Mohamed Ramez al Turyuman. A agência "Sana" não indicou o motivo destas mudanças no Executivo nem ofereceu dados sobre os novos ministros.

Trata-se da segunda mudança no governo do primeiro-ministro Jamis, constituído em junho de 2016 após as eleições legislativas.

A Síria é palco de uma guerra civil há seis anos que já custou as vidas de mais de 320.000 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos