Irmãos cristãos morrem em ataque a loja de bebidas alcóolicas no Egito

Cairo, 1 jan (EFE).- Um homem armado assassinou nesta segunda-feira dois irmãos cristãos coptas que estavam em uma loja de bebidas alcóolicas no Cairo, a capital do Egito, informaram à Agência Efe fontes de segurança.

O ataque, que aconteceu durante a madrugada no bairro de Al Omraniya, na província de Gizé, foi realizado por um homem desconhecido que se locomovia em um triciclo, conhecido como "tuk tuk".

Segundo as fontes, o suspeito começou a disparar de maneira indiscriminada contra as pessoas que estavam na loja, que é administrada por cristãos.

As vítimas, identificadas como Ashraf Boules e Adel Boules, estavam ajudando o dono da loja no momento do ataque, já que eles eram proprietários de uma oficina próxima.

As forças de segurança isolaram o local e confiscaram as câmeras de segurança da loja para identificar o agressor e possíveis cúmplices, indicaram as fontes.

O ataque acontece três dias depois de um atentado, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), contra uma igreja ao sul do Cairo e um comércio próximo, que deixou dez mortos.

O governo egípcio impôs fortes medidas de segurança em torno dos templos sagrados no país, que está em estado de emergência desde abril, antes da comemoração do Natal copta no dia 7 de janeiro.

A comunidade cristã copta, que representa 10% da população egípcia, sofreu numerosos ataques assumidos pelo EI desde dezembro de 2016, que provocaram mais de 100 vítimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos