Protestos no Irã deixam mais 2 mortos e vários feridos

Teerã, 1 jan (EFE).- Duas pessoas morreram e várias ficaram feridas na noite de domingo na cidade de Ize, no sul do Irã, durante manifestações contra a política econômica do governo, elevando para quatro o número de vítimas fatais desde o início dos protestos.

As informações sobre as vítimas foram divulgadas nesta segunda-feira pela agência "ILNA", que ouviu o deputado Hedayatolá Khademi, representante da cidade de Ize,

Khademi lamentou a morte dos dois manifestantes e disse que ainda não sabe se o confronto foi iniciado pela polícia ou pelos cidadãos que protestavam nas ruas da cidade. Segundo ele, muitas pessoas na região possuem armas de fogo.

"As pessoas quebraram os bancos e continuaram com as manifestações até meia-noite, quando a polícia entrou em ação para restabelecer a ordem", explicou Khademi.

O deputado não soube informar quantas pessoas foram presas.

Os protestos contra as políticas econômicas do presidente do Irã, Hassan Rohani, começaram na quinta-feira e continuaram ontem pelo quarto dia consecutivo.

O governo bloqueou as redes sociais para conter a capacidade de mobilização dos manifestantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos