Milícias xiitas repelem ataque do EI na fronteira do Iraque com a Síria

Erbil (Iraque), 2 jan (EFE).- As milícias pró-governo iraquianas Multidão Popular informaram nesta terça-feira que repeliram um "grande ataque" do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na região de Tel Sufuk, na fronteira do Iraque com a Síria, e mataram vários jihadistas.

Segundo um comunicado, os combatentes do EI lançaram o ataque de vários eixos contra diferentes pontos nos quais estão posicionadas as forças da Multidão Popular perto da demarcação territorial.

Os milicianos conseguiram repelir o ataque e mataram 18 terroristas suicidas, além de detonar dois veículos carregados com explosivos, detalhou a nota.

Além disso, o comandante das operações da I Brigada da Multidão Popular, Abu Haider al Niyar, disse que as milícias conseguiram deter e abater outros cinco terroristas do EI, que tentavam cruzar a área de Tel Sufuk e aproximar-se da fronteira iraquiana com a Síria.

Hoje mesmo, o Ministério do Interior iraquiano anunciou a morte de 15 supostos terroristas pertencentes ao EI quando estavam cruzando a área fronteiriça entre a Síria e o Iraque.

No início de dezembro, o governo iraquiano deu por finalizada a guerra contra os extremistas, após ter recuperado o controle da área fronteiriça com a Síria no noroeste do país.

No entanto, os jihadistas ainda têm presença na região e lançaram ataques neste e em outros pontos do Iraque, tanto contra as forças de segurança como contra os civis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos