Guardiões da Revolução anunciam "fim da insurreição" no Irã

Teerã, 3 jan (EFE).- O comandante-em-chefe dos Guardiões da Revolução do Irã, general Mohammad Ali Jafari, anunciou nesta quarta-feira o "fim da insurreição", em referência às manifestações dos últimos dias contra as políticas econômicas do governo.

"Podemos dizer que hoje é o fim da insurreição de 1396 (atual ano iraniano)", disse Jafari, que acrescentou que "os inimigos sabem que de modo algum podem ameaçar à República Islâmica", segundo a agência de notícias iraniana "ISNA".

O general agradeceu o apoio da população ao regime, em um dia no qual dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas do Irã para expressar seu apoio ao regime de Teerã.

Jafari lembrou que a presença do povo em momentos duros e de crise da revolução dificultou os planos insurreccionistas e permitiu uma identificação mais rápida dos seus autores por parte das forças de segurança.

Segundo Jafari, muitos dos que participaram nos protestos antigovernamentais, que começaram no último dia 28 de dezembro, "estavam formados por antirrevolucionários e monafeqin (em referência à opositora Organização Muyahedin Jalq)" e assegurou que se agirá com firmeza contra eles.

Além disso, assegurou que a amizade com os Estados Unidos não melhora a situação económica do Irã, como "alguns acreditam", e que bastava que estas pessoas vissem a situação de países que, como o Egito, sacrificaram tudo pela sua amizade com Washington.

"Hoje o inimigo (em referência aos Estados Unidos), fracassado em todas as políticas que aplicou na região, só pode tentar criar insegurança no Irã islâmico, mas as pessoas devem saber que o custo de fazer acordos com estrangeiros é muito maior que o de resistir", ressaltou.

Durante os protestos antigovernamentais no Irã, que começaram na quinta-feira passada em várias cidades do país, morreram pelo menos 20 pessoas e mais de mil manifestantes foram detidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos