Noruega suspende venda de armas aos Emirados Árabes por guerra no Iêmen

Copenhague, 3 jan (EFE).- O governo da Noruega anunciou nesta quarta-feira a suspensão da venda de armas aos Emirados Árabes Unidos devido ao seu possível uso na guerra do Iêmen, na qual esse país lidera uma coalizão árabe junto com a Arábia Saudita.

O Ministério de Relações Exteriores norueguês se referiu em comunicado ao "crescente risco" vinculado à participação militar dos Emirados Árabes no conflito, embora tenha ressaltado que não foi comprovado que armas norueguesas tenham sido usadas no Iêmen, razão pela qual que se trata de uma medida de caráter preventivo.

A evolução do conflito nesse país desde o último outono foi "grave" e existe uma "grande preocupação" com a situação humanitária, acrescentou o texto.

O Ministério de Relações Exteriores norueguês destacou ainda que acompanha de perto o enfrentamento bélico e realiza "estimativas individuais e minuciosas" de cada solicitação de venda de armas, "pensando sobretudo no risco de uso de material de defesa norueguês no Iêmen e de violações dos direitos humanos".

A Noruega vendeu em 2016 armas e munição aos Emirados Árabes Unidos por um valor total de 10,2 milhões de euros.

A Arábia Saudita, excluída das exportações de armas norueguesas, lidera com os Emirados a coalizão que intervém no Iêmen desde 2015 em apoio ao presidente exilado em Riad, Abd Rabbuh Mansur al Hadi, e contra os rebeldes houthis.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), o Unicef e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) lembraram dias atrás que o conflito no Iêmen passou da crise para uma catástrofe humanitária cada vez mais profunda e que 75% da população precisa de ajuda, entre eles mais de 11 milhões de crianças.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos