Trump declara estado de desastre na Califórnia por conta dos incêndios

Washington, 3 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou na terça-feira o estado de desastre na Califórnia por causa do incêndio "Thomas", que atinge o sul do estado há quase um mês e que já figura como o maior incêndio registrado na história dessa região.

"O presidente Donald Trump declarou que existe um grande desastre no estado da Califórnia e ordenou que o governo federal ajudasse o estado no esforço para recuperar as áreas afetadas pelos incêndios que começaram no dia 4 de dezembro de 2017 e que ainda continuam ativos", disse a Casa Branca, em um comunicado.

De acordo com um relatório publicado pelo Departamento Florestal e de Proteção Contra Incêndios da Califórnia, o "Thomas" arrasou mais de 113.967 hectares, superando assim ao incêndio "Cedar", que em 2003 queimou 110.579 hectares no condado de San Diego.

Diante da gravidade dos incêndios, o presidente já tinha declarado o estado de emergência no início do mês passado, com o objetivo de "aliviar" o sofrimento da população local e emprestar assistência para as autoridades locais.

O ano de 2017 foi o pior em relação a incêndios florestais na Califórnia, especialmente aos ocorridos no mês de outubro em vários condados do estado e que devastaram boa parte das famosas regiões vinícolas de Napa e Sonoma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos