Atentado suicida contra manifestação em Cabul deixa 11 mortos e 25 feridos

(Aumenta o número de vítimas e acrescenta mais detalhes).

Cabul, 4 ene (EFE).- Um atentado suicida realizado nesta quinta-feira contra um grupo de policiais que acompanhava uma pequena manifestação no leste de Cabul, a capital do Afeganistão, deixou pelo menos 11 mortos, entre eles cinco agentes, e 25 feridos.

O ataque aconteceu por volta das 20h45 locais (14h15 em Brasília), na área de Banaee, no leste de Cabul, enquanto acontecia uma pequena manifestação de moradores da capital, disse à Agência Efe o porta-voz do Ministério do Interior, Nasrat Rahimi.

O alvo da ação eram os policiais que acompanhavam o protesto, assegurou o porta-voz.

"Trata-se de um ataque suicida contra as forças de segurança da região, mas ainda estamos recolhendo detalhes sobre as vítimas e outros aspectos do ataque", disse Rahimi.

O porta-voz do Ministério de Saúde Pública, Wahidullah Majroh, afirmou à Efe que, até o momento, foram transferidos a hospitais de Cabul 11 mortos e 25 feridos pelo ataque.

Há pelo menos cinco policiais mortos e outros 11 feridos, detalhou à Efe o porta-voz da polícia em Cabul, Basir Mujahid.

Mujahid explicou que "o agressor suicida estava a pé, levava um colete cheio de explosivos e o detonou contra os policiais que acompanhavam a manifestação".

A autoria do atentado ainda não foi reivindicada por nenhum grupo insurgente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos