Atentado suicida contra manifestação em Cabul deixa 5 mortos e 20 feridos

Cabul, 4 jan (EFE).- Um atentado suicida realizado contra um grupo de policiais que acompanhava uma pequena manifestação no leste de Cabul, capital do Afeganistão, deixou pelo menos cinco agentes mortos e 20 pessoas feridas nesta quinta-feira.

O ataque ocorreu por volta das 20h45 locais (14h45 em Brasília), no bairro de Banaee, durante um pequeno protesto de moradores da capital afegã, disse à Agência Efe o porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, Nasrat Rahimi.

Os alvos do atentado eram os policiais que acompanhavam a manifestação, afirmou Rahimi.

"Trata-se de um ataque suicida contra as forças de segurança da região, mas ainda estamos reunindo informações sobre as vítimas e outros aspectos do atentado", destacou o porta-voz.

Uma fonte policial, que pediu anonimato, revelou à Agência Efe que pelo menos cinco agentes morreram. Segundo ele, o número de vítimas pode aumentar porque é complicado determinar a quantidade de feridos pelo fato de eles terem sido levados a vários hospitais.

O Hospital de Emergência de Cabul, para onde são normalmente levadas as vítimas do conflito no Afeganistão, disse no Twitter que 20 feridos pela explosão chegaram ao centro cirúrgico da unidade.

O atentado ainda não foi reivindicado por nenhum grupo rebelde.

Na última quinta-feira, 40 pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas em um atentado suicida na capital contra um centro cultural da minoria xiita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos