Bombardeios russos matam pelo menos 23 civis perto de Damasco, na Síria

Beirute, 4 jan (EFE).- Pelo menos 23 civis morreram na noite de quarta-feira, a maioria por supostos bombardeios aéreos russos em diversas partes de Guta Oriental, o principal bastião opositor dos arredores de Damasco (Síria), informou hoje o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre os mortos há pelo menos três menores de idade e 12 mulheres, disse a ONG.

Do total de vítimas, pelo menos 18 delas perderam a vida pelos ataques da força aérea russa contra a população de Mesraba, enquanto que outros dois morreram de forma similar em Arbin.

Outros três civis morreram por disparos da artilharia das tropas governamentais sírias na localidade de Beit Saua.

Desde a última sexta-feira, Guta Oriental é alvo de uma ofensiva das forças leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, que enfrentam facções islâmicas e rebeldes.

No entanto, o governo sírio acusa os grupos armados de iniciar os confrontos com o lançamento de foguetes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos