China decide criar força de combate de elite utilizando digitalização

Pequim, 4 jan (EFE).- O presidente da China, Xi Jinping, ordenou a criação de uma força de combate de elite utilizando treinamentos de combate real, digitalização, inovação e reformas.

Xi anunciou esta medida durante a inspeção de uma divisão de terra do Exército de Libertação do Povo, ao qual felicitou por ocasião do Ano Novo.

"Devemos prestar muita atenção à digitalização, assim como em promover um talento militar de alta qualidade", ressaltou Xi em declarações à agência "Xinhua".

Além disso pediu "esforços" para que se implemente o espírito do 19º Congresso do Partido Comunista e para assegurar que as forças armadas sempre sigam as instruções do Comitê Central do Partido.

Xi pediu ainda que se reforce a pesquisa sobre a digitalização de tropas e insistiu na importância da inovação de táticas de batalhas e da melhoria do treinamento de combate real.

O presidente chinês aproveitou a visita para testar o último tanque de combate desenvolvido pela China, o 99A, conhecido como "o rei da batalha terrestre", bem como o veículo de lançamento de mísseis antitanque Red Arrow-10.

Além disso, assistiu a um treinamento dirigido por franco-atiradores e se interessou pelo sistema de luta dos soldados individuais e conversou com novos recrutas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos