Bombardeios perto de Damasco deixam pelo menos 10 civis mortos e 45 feridos

Cairo, 6 jan (EFE).- Pelo menos dez civis morreram neste sábado e 45 ficaram feridos em bombardeios e disparos de artilharia das forças governamentais sírias em Ghouta Oriental, região controlada pelos rebeldes perto de Damasco, segundo ativistas.

Os bombardeios dos aviões militares causaram seis mortos, entre eles duas crianças e três mulheres, na cidade de Hamuria, onde também houve dez feridos, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Em Arbin, duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas, enquanto em Midera a ONG contabilizou dois mortos e seis feridos.

Em Misraba, cidade sob o controle do grupo islamita Exército do Islã, foram registrados 15 feridos, entre eles vários menores e mulheres, em um bombardeio, enquanto que outros dez civis foram feridos pelo lançamento de mísseis terra-terra em Harasta.

Desde o dia 29 de dezembro, Ghouta Oriental é alvo de uma ofensiva das forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, que enfrentam facções islamitas e rebeldes, entre elas o Organismo de Liberdade do Levante, a aliança do antigo braço da Al Qaeda, na área de Harasta.

De acordo com o Observatório, desde o início dessa operação morreram 89 civis por bombardeios e fogo de artilharia, entre eles 19 menores e 18 mulheres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos