Nova vice-presidente do Equador assume cargo em cerimônia no Parlamento

Quito, 6 jan (EFE).- María Alejandra Vicuña assumiu neste sábado no Parlamento do Equador o cargo de vice-presidente do país, ao ser designada pelo foro legislativo em substituição a Jorge Glas, detido por estar envolvido no caso de corrupção da empresa Odebrecht.

Acompanhada por vários ministros e novas autoridades do Estado, bem como por legisladores e representantes diplomáticos, Vicuña tomou posse do cargo após uma sessão do foro parlamentar na qual foi designada.

Vicuña estava no primeiro lugar de um trio de mulheres proposto pelo presidente do país, Lenín Moreno, para substituir Glas e na qual se incluía a chanceler, María Fernanda Espinosa, e a ministra da Justiça, Rosana Alvarado.

O presidente da Assembleia Nacional, o governista José Serrano, tomou o juramento de Vicuña, em cerimônia realizada no salão do plenário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos