Em Cuba, Bachelet começa penúltima viagem internacional como chefe de Estado

Havana, 7 jan (EFE).- A presidente do Chile, Michelle Bachelet, iniciou neste domingo uma visita de dois dias a Cuba, a penúltima que realiza ao exterior como chefe de Estado e que ela faz acompanhada por uma delegação de empresários em busca de novas oportunidades de negócio na ilha.

Bachelet chegou de madrugada ao Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, e foi recebida pelo vice-ministro de Relações Exteriores do país, Rogelio Sierra. A governante começará a cumprir a agenda na parte da tarde, com uma conversa com intelectuais e artistas da ilha. Na ocasião, ela assinará um convênio entre o Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica e o Ministério de Cultura do Chile.

Amanhã, o dia se inicia com a inauguração de um fórum empresarial no emblemático Hotel Nacional de Cuba. O encontro servirá para identificar novas oportunidades de negócio para incrementar os investimentos chilenos na ilha, que atualmente chegam a US$ 52 milhões.

Está previsto que Bachelet visite uma escola que tem o nome do ex-presidente chileno Salvador Allende. Lá, ela deve assinar um convênio de colaboração entre hospitais dos dois países. Depois, se reunirá com o presidente cubano, Raúl Castro, que a receberá no Palácio da Revolução, sede do governo.

A viagem à ilha é a penúltima internacional que Bachelet faz como presidente do Chile, cargo que passará em março a Sebastián Piñera, que foi presidente entre 2010 e 2014 e venceu nas últimas eleições do país. O governante cubano também está na reto final do mandato. Em abril, ele passará o cargo a um novo presidente, que pela primeira vez em quase 60 anos não terá um governo de sobrenome Castro.

Cuba e Chile mantêm boas relações. A história se remonta à década de 60, quando o país caribenho enviou médicos para ajudar às vítimas do tsunami e dos terremotos na cidade de Valdivia, no sul do Chile. Brigadas de emergência também viajaram ao Chile após os terremotos de 27 de fevereiro de 2010, em Rancagua, e em 24 de abril de 2017, em Valparaíso. As visitas na década de 70 dos ex-presidentes de Cuba, Fidel Castro, a Santiago; e do Chile, Salvador Allende, a Havana, estão entre os marcos dessa relação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos