Explosão na cidade síria de Idlib mata pelo menos 23 pessoas

(Atualiza número de mortos).

Cairo, 7 ene (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram, entre elas sete civis, e dezenas ficaram feridas neste domingo depois de uma forte explosão na sede de uma facção insurgente na cidade de Idlib, no noroeste da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A Organização advertiu que entre os feridos há casos graves e críticos, o que poderia aumentar o número de mortos nas próximas horas. Ainda não se sabe se a explosão foi provocada por bombardeio ou carro-bomba. O alvo do ataque foi a sede do grupo armado "Soldados do Cáucaso" (Ajnad al-Kavkaz), uma das facções que operam em Idlib e que é integrada por combatentes da Ásia central.

As equipes de resgate continuam retirando os corpos e levando os feridos a hospitais, enquanto os trabalhos de busca dos que ficaram entre os escombros prosseguem.

Idlib é quase totalmente controlada pela Organização para a Libertação do Levante (que rompeu laços com a filial da Al Qaeda na Síria) e outras facções islâmicas e insurgentes que lutam contra as forças do presidente sírio, Bashar al-Assad. EFE

ijm/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos