Ataque de grupo armado deixa província na Síria sem fornecimento elétrico

Beirute, 8 jan (EFE).- O fornecimento de energia elétrica foi suspenso nesta segunda-feira na província de As-Suwayda, no sul da Síria, devido a um ataque de grupos armados, informou a agência de notícias oficial "Sana".

A agência, que citou uma fonte do Ministério de Eletricidade, afirmou que projéteis disparados por "organizações armadas" destruíram uma torre de alta tensão da linha Tishrin/Kum, que abastece As-Suwayda.

A fonte indicou que as equipes de manutenção já estão trabalhando para restabelecer o fornecimento o mais rápido possível.

Os ataques a instalações elétricas e de água são frequentes na Síria desde o início do conflito em março de 2011.

Em novembro do ano passado, uma estação de geração elétrica foi alvo de um ataque em Gazala, na província de Deraa, vizinha à de As-Suwayda.

Desde o último dia 9 de julho, está em vigor nas regiões meridionais de Deraa, Quneitra e As-Suwayda um cessar-fogo que, ainda que não tenha eliminado totalmente as hostilidades, conseguiu reduzi-las.

Essa trégua foi possível graças a um acordo entre a Rússia - aliada do governo de Damasco -, e a Jordânia e os Estados Unidos, ambos fiadores da oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos