Número de mortos em atentado contra base jihadista na Síria sobe para 43

(Atualiza o número de mortos).

Beirute, 8 jan (EFE).- O número de mortos no atentado de ontem contra a base de um grupo jihadista na cidade síria de Idlib (noroeste) subiu para 43, a maioria deles civis, segundo a recontagem divulgada nesta segunda-feira pela ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O balanço foi atualizado após mais corpos terem sido encontrados sob os escombros, onde ainda trabalham as equipes de resgate, e o Observatório não descarta que o número de mortos aumente mais porquê ainda há desaparecidos e vítimas gravemente feridas.

A ONG detalhou que entre os mortos há 27 civis, dos quais 14 são menores de idade.

O ataque teve como alvo o quartel da organização jihadista "Soldados do Cáucaso" (Ajnad al-Kavkaz) situado na cidade de Idlib.

Ainda não se sabe a origem da explosão, se foi causada pela detonação de um carro bomba ou pelo impacto de um projétil lançado de um avião.

A facção Soldados do Cáucaso, de tendência salafista, é integrada, sobretudo, por milicianos chechenos e no passado colaborou com a ex-filial síria da Al Qaeda.

A província de Idlib é controlada quase totalmente pelo Organismo de Liberdade do Levante (aliança criada em torno do antigo braço da Al Qaeda) e outros grupos armados que lutam contra as forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos