Rússia diz que não há plano para influenciar em eleições do México

Moscou, 8 jan (EFE).- A Rússia não interfere nas eleições de nenhum país, afirmou nesta segunda-feira o vice-ministro de Relações Exteriores, Sergei Ryabkov, em resposta ao assessor de Segurança Nacional dos EUA, o general Herbert McMaster, que acusou Moscou de ter iniciado um plano para influenciar nas próximas eleições México.

"Não pode haver nenhuma dúvida de que nunca planejamos e nos intrometeremos em um processo eleitoral no país que for", disse Ryabkov à agência "Interfax".

Segundo o vice-ministro, os Estados Unidos olham para o espelho quando lançam este tipo de acusações contra a Rússia.

"Olham o que fazem e acreditam que os demais fazem o mesmo. Mas isto em absoluto tem nada a ver com a realidade", disse.

Em sua recente visita a Moscou, o chanceler do México, Luis Videgaray, assegurou que o "Governo mexicano não tem nenhuma evidência que valide esta hipótese".

Ryabkov também respondeu hoje às acusações do diretor da CIA, Mike Pompeo, que em uma entrevista à rede americana "CBS" afirmou que a Rússia está há décadas ingerindo em processos eleitorais no seu país e tem intenção de fazer o mesmo neste ano, em que será renovada uma parte do Congresso.

"Os EUA estão imersos na escuridão. As autoridades americanas mergulham nas profundidades de preconceitos antirussos e tratam de impor à comunidade internacional sua visão da essência da política russa", sublinhou Riabkov.

Por sua vez, a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Maria Zajarova, denunciou que "todas as acusações infundadas, a busca do inimigo exterior e as queixas sobre a mão do Kremlin" começaram quando "o sistema eleitoral americano teve como resultado o presidente (Donald) Trump".

As autoridades americanas investigam a suposta ingerência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 para favorecer a vitória de Trump.

Tanto o chefe da Casa Branca como o Kremlin rejeitam taxativamente qualquer envolvimento de Moscou no processo eleitoral de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos