Topo

Dirigente do Hamas está em situação crítica após disparo acidental em Gaza

09/01/2018 10h54

Gaza, 9 jan (EFE).- Um dirigente do movimento islamita Hamas foi gravemente ferido nesta terça-feira por um disparo na cabeça quando estava manipulando uma das suas armas em sua residência da Faixa de Gaza.

"O engenheiro Emad Alami está em estado crítico após ter recebido um disparo na cabeça ao revisar uma pistola pessoal", declarou o porta-voz da organização islamita, Fazi Barhoum.

As primeiras informações chegaram a dar Alami como morto e a falar em tentativa de assassinato, fato que mais tarde foi esclarecido pelo Hamas por meio de um comunicado.

Alami, de 59 anos, é um dos fundadores do Hamas, primeiro representante do movimento no Irã durante a década dos anos 1990 e é membro do Politburo da organização.

Detido por Israel e deportado em 1994, viveu em diferentes países até retornar à Faixa em 2011, onde ocupou diversos cargos na organização, entre eles a vice-presidência.

Em 2014 ficou ferido e perdeu uma das suas pernas por causa de um bombardeio israelense sobre o túnel onde se refugiava durante uma ofensiva militar.