Coalizão árabe lança 32 bombardeios contra posições rebeldes perto de Saná

Saná, 10 jan (EFE).- Os aviões de guerra da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita lançaram nesta quarta-feira 32 ataques contra instalações militares controladas pelos rebeldes houthis em áreas periféricas de Saná, capital do Iêmen.

Testemunhas informaram à Agência Efe que o som das explosões pôde ser ouvido em vários pontos da cidade, enquanto os caças-bombardeiros sobrevoaram a capital, dominada pelo movimento rebelde dos houthis desde setembro de 2014.

Pelo menos 23 bombardeios foram lançados contra o quartel de Al Istikbal, no subúrbio de Dalaa, ao noroeste da cidade.

Além disso, outros nove bombardeios tiveram como alvo posições de onde os rebeldes lançam mísseis nos montes de Atan, nos arredores dos bairros ocidentais de Saná.

Por enquanto se desconhece se os ataques da aliança - que intervém no Iêmen contra os rebeldes desde março de 2015 - causaram vítimas nas fileiras do houthis.

Por outra parte, hoje houve enfrentamentos entre supostos membros da Al Qaeda e uma brigada militar formada pelos Emirados Árabes Unidos na província de Hadramaut, no leste do Iêmen, segundo fontes militares.

Pelo menos quatro supostos combatentes radicais morreram nos choques, que se desencadearam depois que estes lançaram um ataque com projéteis e metralhadoras contra o quartel de Bada, em Hadramaut, 900 quilômetros ao leste de Saná.

Nesse quartel está a base das tropas denominadas "Elite de Hadramaut", criadas recentemente e que recebem armamento, treinamento e financiamento dos Emirados Árabes Unidos.

Os Emirados Árabes participam na coalizão árabe que oferece apoio militar ao presidente iemenita reconhecido internacionalmente, Abd Rabbuh Mansur al Hadi, cujas tropas enfrentam os rebeldes para recuperar o controle das áreas do oeste e do norte do país que estes dominaram em 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos