Governo mexicano descarta formação de tsunami após terremoto no Caribe

O governo do México descartou na noite de terça-feira a formação de um tsunami nas costas do país devido ao terremoto ocorrido no mar do Caribe, afirmou o coordenador nacional de Proteção Civil, Luis Felipe Puente.

"Com base na informação do Centro de Alertas de Tsunami da Secretaria da Marinha, está descartada a geração de um Tsunami para costas do Território Nacional após o terremoto em Honduras", disse Puente, em uma mensagem divulgada pelo Twitter.

Anteriormente, a Secretaria da Marinha do México tinha alertado sobre a possível chegada de ondas de tsunami a vários pontos da Península de Iucatã.

Em um boletim dirigido às autoridades civis e militares, a instituição indicou com base em informações preliminares do terremoto, era aguardada a chegada de ondas de tsunami na noite de terça e madrugada desta quarta, na ilha de Cozumel, no estado de Quintana Roo, e nos estados de Iucatã e Campeche.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) informou que um forte terremoto de magnitude 7,6 atingiu as regiões de Honduras e Cuba e provocou um alerta por tsunami que poderia afetar Porto Rico e as Ilhas Virgens.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos