Merkel doa prêmio de 150 mil euros a ONG que combate violência sexual

Berlim, 10 jan (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, doou a uma ONG do Níger que combate a violência contra mulheres e meninas os 150 mil euros recebidos do Prêmio Internacional pela Igualdade de Gênero, com o qual foi agraciada pelo Governo da Finlândia em dezembro.

A escolha da organização não-governamental SOS Femmes et Enfants Victimes de Violences Familiales recebeu nesta quarta-feira a autorização do Conselhos de Ministros, informou o porta-voz do Executivo alemão, Steffen Seibert.

Merkel recebeu o prêmio em dezembro em Bruxelas das mãos do primeiro-ministro finlandês, Juha Sipilä, "em reconhecimento ao seu longo trabalho como defensora da dignidade humana e dos direitos humanos e o compromisso com as mulheres e as meninas a nível internacional".

O prêmio estabelece que o agraciado doará o dinheiro para uma causa de sua escolha que fortaleça os direitos das mulheres e das meninas.

No caso de Merkel a escolha foi por uma ONG do Níger presidida por Mariama Moussa e dedicada a sensibilizar a população contra a violência física, psicológica e econômica vivida no âmbito doméstico e a lutar contra fenômenos como os casamentos precoces e forçados.

O Governo da Finlândia criou as distinções, de caráter bienal, no ano passado, dentro das comemorações por causa do centenário da independência do país, o primeiro a outorgar plenos direitos políticos à mulher.

Ainda que a Nova Zelândia tenha sido o primeiro Estado a estabelecer o sufrágio universal em 1893, a Finlândia reconheceu o direito das mulheres a votar e a serem escolhidas democraticamente em 1906.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos